Buscar

Úlcera de córnea


Ceratite Ulcerativa ou Úlcera Corneana são outras formas de denominar a doença. Ela tem uma grande incidência na rotina oftamológica na veterinária, principalmente em animais de pequeno porte. A córnea constitui-se de diversas camadas, estas com função refrativa e como barreira protetor entre o olho e o ambiente. A integridade da superfície corneal é mantida pela substituição contínua do seu epitélio superficial (1ª camada) e pela produção do filme lacrimal pelas glândulas lacrimais. A úlcera de córnea possui diversos fatores e pode se apresentar de inúmeras formas.  Dentre as causas, podemos citar traumas, cílios mal posicionados, queimadura química, vírus, fungos, protozoários, corpo estranho ou até mesmo de forma espontânea. Elas são extremamente doloridas e temos que ficar atentos aos seus sinais clínicos, como por exemplo ao ato de piscar somente do olho lesionado ou permanecer com ele fechado, olhos avermelhados e córnea opaca ou azulada. O lacrimejamento excessivo também é comum, assim como estar presente muita coceira, sendo sempre necessário o uso do colar elisabetano (cone protetor) para não haver danos maiores. Os olhos não nos dão uma segunda chance, percebido alguns desses sinais leve sempre em um especialista o quanto antes!

1 visualização0 comentário